ASSTJ Contate-nos Seja Sócio Serviços ONLINE Convênios
ASSTJ
Contate-nos
Seja Sócio
Serviços ONLINE
Convênios
MAIS LINKS
Diretoria
Tab de Preços
Piscinas
Estatuto Social
Financeiro
Reg. Interno
Formulários
Futebol
Sobre nós
AÇÕES JUDICIAIS
Ass. Juridica
Push Jurídico
Salão de Beleza
Parceiros
Classificados
Truco 2015
informe
FICHA DE INSCRIÇÃO - CLIQUE AQUI

9º TORNEIO DE TRUCO DA ASSTJ/2015

REGULAMENTO

 

1)      INSCRIÇÕES

1.1)            O torneio será realizado no dia 29/08/2015, a partir das 9h00, no salão do bar do clube, com no máximo 32 duplas.

1.2)            Para se inscrever a dupla deverá recolher taxa na Secretaria da ASSTJ até dia 27/08/2015, ou até se completar o limite de vagas.

1.3)            As taxas serão de R$ 80,00 para dupla composta por dois associados ou um associado e um dependente ou dois dependentes. ; R$ 100,00 para dupla composta por um associado e um convidado;

1.4)            Para se inscrever a dupla deverá ter pelo menos um associado/sócio contribuinte ou dependente.

a) com exceção do associado/sócio contribuinte, nenhum participante poderá ser federado;

1.5)            Se por qualquer razão algum jogador faltar no dia do torneio, poderá ser inscrito um reserva, desde que ele não faça parte de outra equipe e nem tenha jogado por outra dupla, e desde que ele seja associado, servidor, terceirizado ou estagiário do STJ;

1.6)            Se o jogador titular chegar após o início da partida, ele só poderá entrar após o término de uma ‘queda’.

1.7)            Haverá tolerância de 15 (quinze) minutos para o início da primeira rodada, e nas demais 5 minutos de tolerância.

1.8)            As questões, dúvidas e divergências que não estejam contempladas neste regulamento deverão ser dirimidas pelo juiz, obedecendo às regras mais comuns, o consenso e o bom senso.

 

2.)                PRINCIPAIS

2.1)            Os jogos serão disputados no sistema de melhor de 03 (três) quedas.

2.2)            O sistema de puxação de tentos será o seguinte: mão simples um tento; mão trucada três tentos; e as retrucagens, seis, nove, doze tentos, conforme o caso.

2.3)            O jogo terá 12 (doze) tentos e uma queda uma melhor de 03 (três) jogos.

2.4)            A hierarquia das cartas, em ordem decrescente, começa pelas manilhas, zap (paus), copeta (copas), espadilha (espada) e pica-fumo (ouros), seguidas pelos três, dois, ases, reis, valetes, damas, setes, seis, cincos e quatros.

2.5)            As manilhas definidas são o quatro de paus (zap), sete de copas (copeta), ás de espada (espadilha) e sete de ouros (pica-fumo).

2.6)            O torneio será disputado em sistema eliminatório, sendo que os confrontos serão sorteados no dia do torneio,

2.7)            Caso não se tenha 32 duplas inscritas, os jogos das oitavas de final serão completados com os melhores perdedores da primeira fase.

2.8)            Em relação ao item anterior, os critérios serão, pela ordem, maior número de jogos ganhos, número total de pontos e sorteio.

2.9)            Caso alguma dupla não compareça para o jogo, a outra dupla será declarada vencedora pelo placar de 2 x 0.

 

3.)    BARALHAMENTO

3.1)            O baralhamento das cartas deverá ser feito com as faces das mesmas contra a mesa.

3.2)            Quem dá as cartas poderá traçar o baralho por 1 (um) minuto, e aquele que corta terá até 30 segundos para fazê-lo.

3.3)            Qualquer jogador que olhar o fundo do baralho, após o baralhamento pelo pé, perderá os tentos em disputa na partida.

3.4)            O jogador que embaralhar poderá a seu critério, recusar o corte do cortador uma única vez, e o cortador deverá cortar seco, caso seu corte tenha sido recusado.

 

4.)    INÍCIO DO JOGO

4.1)            A partida terá início, escolhendo-se o primeiro a dar as cartas pelo sistema de “carta maior”.

4.2)            A distribuição das cartas deverá ser sempre de três em três.

4.3)            O mão poderá passar as cartas para o parceiro.

4.4)            O mão poderá solicitar a queima de no máximo 09 (nove) cartas.

4.5)            A queima poderá ser solicitada a qualquer momento do jogo, exceto quando qualquer dupla estiver com 11 (onze) tentos.

4.6)            Se o mão tiver queimado até seis cartas, ainda sim, ele poderá passar as próximas cartas ao parceiro.

4.7)            A queima deverá ser com as faces das cartas para baixo;

4.8)            O cortador poderá tirar suas cartas no corte.

4.9)            Se o pé do baralho der mais de 03 (três) cartas para si ou para o seu parceiro, este perderá um tento e passará o baralho adiante.

4.10)        Se qualquer jogador tentar cartear com mais de 03 (três) cartas para tirar proveito do jogo e for pego, a dupla perdera no mínimo 03 (três) tentos em disputa, ou se os tentos em disputa ultrapassarem 03 (três) a dupla que carteou com mais de 03 (três) cartas perderá tantos tentos quanto estiverem em disputa.

 5.)    DURANTE O JOGO

5.1              É proibido na primeira rodada descartar encoberto.

5.2              Os parceiros são sempre solidários, ou seja, chamando ou correndo um, considera-se como posição da dupla.

5.3              Para se mandar uma jogada deve-se pronunciar “joga, fecha, pode abrir, mata, seis, meio pau, nove etc., sendo proibido qualquer palavra que cause dupla interpretação, sob pena de perder os tentos em disputa (ex: jorge, seis tão doido, pode trucar, etc.)”. vale lembrar que o truco não se dá por gestos, ou seja, o truco só valerá e será aceito, quando “falado”, gestos com as mãos e a cabeça, não pressupõem, o ato de trucar ou de aceitar o truco.

5.4              As cartas deverão ser jogadas de uma em uma, valendo para a jogada a carta que cair primeiro.

5.5              Uma vez na mesa, a carta não mais volta à mão, ou seja se carta for jogada, não poderá voltar, mesmo que não seja a sua vez de jogar.

5.6              A carta só será considerada como jogada quando estiver solta na mesa, ou seja, caso um jogador mostre a carta segurando-a, ela ainda não foi jogada, podendo o jogador recolhe-la e substituí-la por outra, só será considerada como jogada, após ser solta pelo jogador.

5.7              Será permitida a mudança de posição apenas no final de um jogo ou de uma queda. se uma dupla mudar de posição a outra deverá permanecer na mesma posição até o final do jogo seguinte.

5.8              É permitido entre os parceiros o uso de sinais mímicos e falados, desde que não se fale exatamente às cartas que cada um tenha e desde que não haja toque físico.

5.9              Não é permitido que os parceiros olhem as cartas um do outro, nem mesmo nas mãos de onze.

5.10          É estritamente proibido qualquer tipo de contato físico entre os adversários, ou seja, não será tolerado no ato de trucar, por exemplo, um tapa no adversário, sob pena de eliminação da dupla.

5.11          É estritamente proibido ofender verbalmente o adversário com palavras de baixo calão, sob pena de eliminação do torneio, contudo, palavras como: pangaré, ruim de truco, fraco, pato, dentre outras são comuns entre os truqueiros, e não serão consideradas ofensas.

 

6.)    CANGAR O JOGO

6.1)            Em caso de empate nas 03 (três) rodadas, ninguém perderá tentos, desde que a mão não tenha sido trucada.

6.2)            Em caso de empate na primeira, ou na primeira e na segunda rodadas, e algum jogador trucar ou repicar, este ou o seu parceiro deverá matar a carta do adversário, se não o fizer perderá os tentos em disputa, ou seja, quem truca ou repica tem que matar.

6.3)            Se o jogo for cangado na primeira rodada, o desempate será na segunda rodada, não sendo os jogadores obrigados a mostrar a carta maior, podendo guardar sua carta maior para a terceira rodada caso ocorra novo empate, ocorrendo o empate novamente, a partida deverá ser decidida na terceira rodada.

 

7.)    MÃO DE ONZE

7.1)            Quando uma dupla atingir 11 (onze) tentos e descartar a primeira carta, a mão em questão valerá 03 (três) tentos, não o fazendo perde apenas 01 (um) tento, passando-se o baralho para frente.

7.2)            Se uma dupla que estiver com 11 (onze) tentos trucar, perde 03 (três) tentos.

7.3)            Se uma dupla, que não tenha 11 (onze) tentos, trucar a outra com 11 (onze) tentos, a dupla que possui 11 tentos vencerá o jogo.

8.)    PREMIAÇÃO

8.1)           A premiação contemplará a dupla primeira colocada, segunda colocada e a terceira colocada com troféus e R$ 500,00 para a primeira colocada, R$ 300,00 para a segunda colocada e R$ 200,00 para a terceira colocada;

 

Obs.: Todas as despesas do Torneio, bem como os prêmios em dinheiro serão custeados pelas taxas de inscrição e por patrocínios.

 BRASÍLIA, 13 DE AGOSTO DE 2015

ASSOCIAÇÃO DOS SEVIDORES DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA E DO CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL



Site Map